O Jogo das Religiões

JOGO: O ENCONTRO DAS RELIGIÕES

(O jogo está disponível para comercialização e oficinas pedagógicas)

 

TABULEIRO: Desenho no centro, com caminho infinito e pontos de encontro.

Casas das 6 TRADIÇÕES (6 jogadores – 4 casas no tabuleiro) e 11casas da OIKOUMENE.

Um tabuleiro (gráfica) recortado em 15 partes com 15 frases no verso (COM FOTOS)

No tabuleiro de tecido: só o caminho infinito e os pontos de encontro (sem fotos)

 

FINALIDADE: Reunir no centro do Tabuleiro as ESPERANÇAS de OIKOUMENE

São possibilidades nas nossas mãos dos participantes ou no imponderável do jogo.

JOGO – Saudações: Salaam Aleikum, Shalom Aleluia, Axé, Awerê Porã, Namastê…

Cada tradição coloca a semente num ponto qualquer em que esteja o símbolo da sua tradição (seu AXÉ)

Escolhe também a direção de seu caminho (seu OBÁ)

São dois dados. 2 jogadores vizinhos lançam os dados simultaneamente.

  • Se tirarem o mesmo número, ganham 2 ESPERANÇAS de OIKOUMENE
  • Cada anda o número de casas indicado pelo dado e deixa sua semente numa das casas.

-  Se for a sua própria casa, traz a semente de alguém para sua casa: saudações mútuas e 2 esperanças.

-  Se for a casa da Oikoumene, ganha 2 esperanças, lê-se um texto do quebra-cabeças montando o tabuleiro.

-  Se for a casa de outra tradição, pede licença para entrar. O jogador da tradição acolhedora pergunta: A ou B? A tradição que chega escolhe. Aí, ganha ou perde conforme a carta.

-  Se for uma casa de quem não estiver jogando, ganha 1 ESPERANÇA DE DESEJO

Aí jogam-se os dados. Mesmo número vira um dos amigos da Oikoumene, lê-se e compõe-se no tabuleiro. Segue o jogo com as duas próximas tradições jogando os dados, até formar a MANDALA

 

O JOGO TERMINA COM A MANDALA COMPLETA E COM OS AMIGOS DA OIKOUMENE

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>